terça-feira, 25 de maio de 2010

O Poder da Gentileza














Nestes tempos de muita preocupação consigo mesmo, e de pouco tempo para o outro, de tempos "sem-tempo", quero chamar a atenção para uma virtude que anda meio esquecida: a gentileza.

Gentileza que não quer dizer fraqueza, nem é virtude só para mulheres.

Gentileza que significa cortesia, amabilidade, fidalguia, bom tratamento.

Tem um poder muito grande e tem relação direta com a inteligência bem como denota elevação moral.

Muitos se desculpam dizendo "não tenho tempo para estas coisas". Porém, sempre é tempo para uma palavra de amizade, para um telefonema cordial, para um sorriso de afeto, dirigido mesmo àqueles que parecem endurecidos e impermeáveis às boas maneiras.

A gentileza depende do hábito. Comece hoje a cultivá-la. Há muitas maneiras de adquirir esse hábito mas precisa ter disciplina e força de vontade.

Pode-se ser gentil com os superiores, mas é muito mais difícil ser gentil com os subalternos ou com os familiares e amigos próximos, justamente aqueles com quem acabamos desdenhando as regras da conduta sadia.

Pode-se ser gentil no trânsito, com os transeuntes, em casa, no trabalho, em todos os lugares.

Cada vez é mais raro ver-se, por exemplo, uma pessoa que dê lugar a outra, dentro de um ônibus lotado. Ou numa fila. Não falo aqui de obedecer a sua vez na fila, mas de dar a vez para outra pessoa que pareça mais aflita ou necessitada. Pelo contrário: quando podem, as pessoas `furam' a fila, quase sempre invocando um título ou uma posição social que os outros não têm.

Cada vez é mais raro ver as pessoas ajudando outras a carregar sacolas, a levantar objetos caídos, a ajudar um idoso a atravessar a rua, ou a empurrar um carroque não pega.

As pessoas alegam que não têm tempo, mas na verdade o tempo é a gente que fabrica. Quantos passam horas à frente dos tele-jornais e das novelas e alegam não ter tempo para agradecer uma carta, um e-mail, um convite ou um favor recebido.

Outro cuidado que a gente não tem: quando precisamos fazer um telefonema, não cogitamos se estamos a incomodar o outro na hora em que ele pode estar mais ocupado. É importante que não façamos ligações em horas tardias, nem tomemos o tempo por mais de dois minutos, em assuntos triviais.

Quando esses pequenos gestos de fraternidade e reconhecimento vão sendo esquecidos, a pessoa vai ficando fria e áspera, acreditando que todos devem ser gentis para com ela, mas esquecendo que esse dever é recíproco e que devemos ser aquele que dá o primeiro passo.

Quantas vezes, no trânsito, não esperamos o pedestre terminar de atravessar a rua, buzinamos impacientemente, não damos a vez ao que está pretendendo entrar numa via preferencial, nem damos carona à mulher grávida ou ao ancião.

"Muito obrigado", "por favor", "está ótimo o seu café", "bom dia", "boa tarde", "desculpe", são expressões que estão se ouvindo cada vez menos.


Pense nisso !!


12 comentários:

  1. Nossa, pode crer... A gentileza é fundamental e está sumindo a cada dia, achei esse post fundamental pra acentuar a gentileza em quem ler... Valeu

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pela iniciativa! Outro site legal com mesmo propósito é o www.obemfazbem.com.

    ResponderExcluir
  3. Maravilhoso ALERTA! Bjo queridas!!

    ResponderExcluir
  4. Pascoaleia Aires de Brito25 de maio de 2010 05:09

    Gentileza deve nascer com a pessoa e nunca morrer com ela....sobreviver ao tempo....uma pessoa gentil jamais morre, vive eternamente no coração de quem recebeu um gesto de pura gentileza!

    ResponderExcluir
  5. "Acentuar, assentar e firmar a Gentileza sempre. Falar bom dia, obrigada, desculpe e etc é tão simples. Ser gentil é simples. Viver com gentileza, nos traz gentileza.

    ResponderExcluir
  6. Que post maravilhoso, é isso mesmo, gentileza gera gentileza e isto gera amor, paciência, respeito, coisas realmente importantes para nossa vida. Adorei.

    ResponderExcluir
  7. Adoreiii o texto! disse td q ta faltando nos dias de hj...

    sempre usamos "tempo" como desculpa. ainda dar tempo de mudar isso, pelo menos se dermos o primeiro passo..


    bjoos

    ResponderExcluir
  8. Concordo, queridos! Hoje, as pessoas são muito "umbigólatras", não pensam no próximo, o que é uma pena e um desrespeito aos 2 grandes mandamentos de Deus - amar a Deus cima de tudo e ao próximo como a ti mesmo.
    Mas...ao exercermos essse amor, quem sai no lucro somos nós mesmos, no final das contas, sabia? E é tão bom fazer o bem...
    bjinhos!
    @aninha_p

    ResponderExcluir
  9. Otimo texto, sugiro que ele seja repassado para o maior numero de pessoas. Acredito que uma boa ideia deve ser espalhada para muitas pessoas. Precisamos cultivar o habito da gentileza. Precisamos de pessoas gentis. Parabens

    ResponderExcluir
  10. Adorei o texto amiga. Parabéns!
    Precisamos mudar muitas coisas a começar em nós, para que isto contagie a outros. Bjos
    @marombeira

    ResponderExcluir
  11. Não nos podemos esquecer da gentileza: um bem fraterno do qual a humanidade tanto necessita. Que ela seja uma rede de afetividade, um elo de solidariedade, um exercício de amor. Que belo poder e que belo texto!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Boa noite,
    Parafraseando um aforismo ,amar não é apenas como você se sente em relação ao outro,mas como você se comporta...
    Amar se desdobra nessas ações de gentileza,educação e afeto
    Uma bonita mensagem...

    ResponderExcluir